SAADE VOL. 2: Nada de popularidade mundial para Eric Saade neste ano

Evolução é uma palavra ausente para Eric Saade neste momento. No auge da carreira, com dois discos oficiais (“Masquerade” e “Saade”), Eric não apresenta postura original diante de seus projetos, pelo contrário, se mantém na vibe clichê eletrônico ate hoje, o que pode ser o caminho para o fracasso.

SAADE VOL. 2
(NOTA 71)

Em “Saade Vol. 2”, grandes artistas participaram de suas músicas, e talvez isto seja a maior conquista em anos de carreira. Sem nenhum mérito em especial, Eric Saade vem almejando espaço consideravelmente notável entre as paradas musicais da Suécia, porém no mundo, é visto como apenas mais um “cantor sueco”. Talvez algumas parcerias fossem necessárias, de fato, e não podemos negar que podem ter sido difíceis também. Conseguir DEV e J-Son para as principais faixas do álbum não deve ter sido fácil. Principalmente DEV, que recentemente teve singles gravados com Demi Lovato e Enrique Iglesias e que com Eric, se dispôs a lançar “Hotter Than Fire”.

Além do mais, as intenções nunca passaram de boas táticas de marketing, porém, todas muito falhas. A moda de capas exibindo alterações eletrônicas no rosto já se foi, assim como o eletrônico, que a cada dia fica mais popular e menos valorizado. O segredo é saber usar os elementos que lhe são úteis, fazendo variações, assim como em seu primeiro disco. Porém, o uso de techno beat e house estão descontroladamente espalhados pelo álbum. Eric Saade pode fazer o experimento que quiser, pois nunca deixará de seguir o bom e velho POP também, sempre que possível. Desta vez, o gênero marca presença nas frases repetitivas e grudentas, o que notamos visivelmente em “Backseat”, “Explosive Love” e “Crash On The Dancefloor”.

Entretanto, as letras também não são as melhores da carreira, bastando ouvir 4 faixas do disco para ter consciência disto. “Hotter Than Fire” é uma ótima escolha para single, tendo DEV e ótima batida como pontos positivos. Com tudo, a música é clichê e POP demais (em todos os sentidos), tornando-se mais uma opção alternativa para as rádios. Esta é uma ótima música (em partes), mas o mérito do álbum fica para “Feel Alive”. “Feel Alive” é moderamente eletrônica e talvez possa ser rotulada como uma balada up-tempo, diferente e mais madura que as outras.

“Saade Vol. 2” é o projeto mais fraco da carreira de Eric Saade, feito às pressas deste o lançamento do “Saade Vol. 1”, lançado em junho deste ano. Eric Saade tem tudo para ser grande, basta ser original e criativo, infelizmente pontos faltosos nesses discos. Possivelmente no futuro, pois agora, não desceu!

TRACKLIST
 01. "Sky Falls Down (featuring J-Son)"
 02. "Rocket Science"
 03. "Hotter Than Fire (featuring Dev
 04. "Love Is Calling"
 05. "Crashed On The Dance Floor"
 06. "Explosive Love"
 07. "Backseat"
 08. "Feel Alive"
 09. "Fingerprints"
 10. "Without You I'm Nothing"
  1. o vol 1 é melhor que o 2

  2. So Gostei deHotter Than Fire e Feel Alive apenas Saade vol.01 É bem mais original comparado a esse

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: