WHEN THE SUN GOES DOWN: Selena & The Scene melhores do que nunca!

Diretamente da fábrica de artista da Disney, eis uma Selena Gomez que todos sempre quiseram ver e talvez tenha demorado muito á chegar. Lançando o 3° álbum da bem sucedida carreira solo, Selena Gomez apresenta hoje uma imagem muito mais exemplar e incomum possível, fugindo de toda a monopolização da mídia ruim.

WHEN THE SUN GOES DOWN

Desde de “TKiss N’ Tell”, as descrições estáveis de Selena amadureceram e em “The Sun Goes Down”, a mensagem que a celebridade da Disney quer passar, todos já compreendem. É claro, Selena é, de longe, o melhor produto fabricado pela Disney, e o novo trabalho dela à deixa anos luz à frente de outras estrelas do próprio ramo.

“When The Sun Goes Down”, essencialmente, tem um envolvimento costumado de divas importantes que talvez seja embalado pelas delicadas e cuidadosas baladas românticas. Ao contrário dos outros álbuns, a produção do disco esteve em mãos de grandes autores e produtores, tais quais se referem  a Britney Spears, Pixie Lott, Rock Mafia, Katy Perry, Dr. Luke e Gad. De fato, uma equipe que com certeza estiveram empenhados em doar criatividade, objetividade e personalidade para a carreira de Selena, e os frutos apenas adicionam. Porém, talvez, tal oportunidade não tenha sido bem aplicada por Selena, que facilmente alcançou a cópia perfeita de Britney em “Whiplash” e Pixie Lott em “We Own the Night”, e por isso, está na hora de Selena buscar sua própria identidade e consolidar seu nome para sempre no cenário pop.

“Who Says”, o primeiro single e logicamente, o grande hit do álbum, trás a típica letra motivadora e inspiradora usada em “Born This Way” e “Firework”, mas felizmente, não soa vulgar ou pretensiosa como tais, pelo contrário, é de fato original e verdadeiramente motivadora. Na verdade, o álbum consegue ser melhor que diversas grandes apostas pops desde ano por possuir o melhor do pop moderno atual combinado com letras que valem á pena ser ouvidas.

Enquanto as emoções, Selena também se sai uma fantástica atriz, pois nenhuma outra cantora teen da atualidade realmente é versátil como tal, transmitindo confiança, esperança, anseio, aflição e conforto sempre que preciso. É algo que a torna agradável e interessante de se ouvir, uma vez que é visível a intenção de agradar.

É muito pouco irregular, mas “When The Sun Goes Down” possui 5 músicas potentes e outras 5 rejeitáveis. Um hit em potencial é a faixa “My Dilemma” que se torna presente e viciante pelas rimas fáceis e cativantes, além da incrível melodia pop-eletro. Algo que também está claro em “Love You Like A Love Song” e “Hit the Lights” que são leves e ousadas se tornando merecedoras de certo brilho espontâneo.

“Bang Bang Bang”, “Whiplash” e “When The Sun Goes Down” são outras faixas em ascensão que poderiam muito bem levar Selena Gomez & The Scene mais uma vez ao top 30 assim como “Naturally” fez em 2010. Embora o disco se trate de uma evolução na carreira de Selena e The Scene, as faixas monótonas e chatas estão no disco para serem saltadas sem piedade. Como é o caso de “We Own the Night”, que poderia ser mais agitada, “That’s More Like It” que poderia ser menos azucrinante e “Dices”, que por acaso nem teria necessidade em existir.

Em geral, em relação ao histórico entre a parceria de Selena e The Scene, o disco é “incrivelmente melhor”, e em comparação aos outros álbuns do momento, o disco é “medroso e inédito”.

TRACKLIST:

01. Love You Like A Love Song (Produced by Rock Mafia)
02. Bang Bang Bang (Produced by Gad)
03. Who Says (Produced by Emanuel Kiriakou)
04. We Own The Night (Produced by Gad) 
05. Hit The Lights (Produced by Dreamlab)
06. Whiplash (Produced by Dr. Luke) 
07. When The Sun Goes Down (Produced by Abingdon) 
08. My Dilemma (Produced by Rock Mafia) 
09. That’s More Like It (Produced by Alexander, Steinberg) 
10. Outlaw (Produced by Rock Mafia) 
11. Middle Of Nowhere (Produced by Sandy Wilhelm) 
12. Dices (Who Says – Spanish Version) (Produced by Cortazar)

  1. Concordo com uma parte do que foi sitado, mas não na parte de “Dices” é muito legal!
    Mais o álbum todo esta legal, apesar de ter 3 meia sem graça como Outlaw ♪

  2. Pela parte de Dices não ter necessidade de existir, eu discordo. Mas o resto é tudo verdade, uns dos melhores cds do ano!

  3. Achei a crítica meio pesada, mas concordo com tudo o que foi dito. A Selena melhorou mt, mas ainda se inspira mt em OUTROS artistas ao inves de criar sua própria marca

  4. um dos melhores álbuns do ano!

  5. aaaaaaaah, eu adorei . tudo verdade! eu n discordo de nad .. sinceramente, o album está melhorr que os outros

  6. To amando esse álbum cada dia mais!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: